Alpamayo trek na Cordilheira Branca

Um dos melhores circuitos de trekking na cordilheira tropical mais alta do mundo, a Cordilheira Branca.

Esta é uma das trilhas mais longas e importantes dos Andes peruanos. A rota cobre uma grande parte do norte da Cordilheira Branca, com acampamentos acima de 3700 metros e passa por passos acima de 4700 metros. As trilhas passam muito perto dos picos glaciados onde teremos a oportunidade de ver de perto montanhas importantes como Huascaran, Chacraraju, Taulliraju e Alpamayo, a última delas recebeu o título de “a montanha mais bonita do mundo”, pela revista alemã Alpinisimus em 1966. Também veremos lagoas e rios glaciais multicoloridos, atravessando vales profundos dos Andes, além da flora e fauna nativas, da cordilheira tropical mais alta do mundo.

Duração da viagem: 16 dias / 15 noites.

Lugares a visitar

  • A cidade de Huaraz
  • A Cordilheira Branca
  • O Parque Nacional Huascaran
  • Floresta rochosa de Hatun Machay
  • Montanha Alpamayo

A viagem inclui:

  • Todos os transfers nas cidades
  • 6 noites de hotel
  • Toda as refeições durante os dias do trekking e na cidade, conforme indicado no itinerário.
  • Bilhetes de ônibus (Lima – Huaraz – Lima) com uma agência de primeira classe
  • Transporte para os pontos de partida e retorno dos tours
  • 2 passeios de aclimatação ao redor da cidade de Huaraz
  • Guia de Trekking
  • Cozinheiro de acampamento
  • Arrieiro
  • Animais de carga (burros e / ou cavalos)
  • Cavalo de emergência
  • Equipamento de campismo para uso coletivo
  • Bilhetes de entrada para os lugares turísticos
  • Kit de primeiros socorros
  • Logística geral para a viagem

A viagem não inclui:

  • Refeições não mencionados acima
  • Seguro de viagem e médico
  • Vistos e vacinas

Aclimatação

Como você pode ver no itinerário, a viagem inclui dois dias de caminhadas de aclimatação nas proximidades de Huaraz, porque o tour ocorre em regiões acima de 3000 metros.

Hotéis

Os hotéis que dispomos para este tour são: Hotel BayView em Lima e Hotel El Tumi em Huaraz ou outros com as mesmas características.

Lista de equipamentos

  • Uma mochila com capacidade de 60 ou 70 litros (pode ser um saco ou outra bolsa similar de tamanho comparável)
  • Uma mochila pequena
  • Um saco de dormir (recomendamos que seja leve, sintético ou pena de ganso, compressível e quente a temperaturas que possam cair abaixo de 12 ° C.)
  • Um casaco de pena ou sintético
  • Três pares de calças de trekking (calças de algodão, como jeans, não são recomendáveis porque não secam quando se molham)
    Dois a quatro pares de meias de lã
  • Camisetas, camisas de manga longa, chapéu de sol e gorro de lã
  • Uma capa de chuva leve ou poncho de chuva e um par de calças de chuva
  • Um bom par de botas de trekking em bom estado
  • Um par de sapatos leves (chinelos ou sandálias)
  • Uma navalha
  • Uma lanterna frontal e baterias (pelo menos 2 conjuntos de reposição)
  • Óculos de sol (MUITO IMPORTANTE)
  • Um tubo de protetor solar e protetor labial (MUITO IMPORTANTE)
  • Medicamentos pessoais
  • Itens pessoais e de higiene
  • Um par de calças de lã
  • Um par de polainas
  • Um par de luvas

Opcional

  • Bastões de trekking
  • Colchão inflável
  • Câmera
  • Livro, caderno e caneta

Clima

A temporada de trekking na Cordilheira Blanca e Huayhuash se estende de abril a setembro. Embora tecnicamente seja inverno no hemisfério sul, também é a estação seca com muito pouca chuva nesses meses, pois estamos próximos do equador. Na estação seca, o clima é muito estável; podemos esperar apenas alguns dias com precipitação por semana. A temperatura média nas montanhas acima de 4000 metros, de abril a setembro, está entre 10 e 14 ° C. À noite, a temperatura pode cair abaixo de zero.

Esta viagem é apropriada para mim?

Quem deseja fazer esta viagem deve estar preparado para viver com o básico, como: dormir em um saco de dormir e em barracas, sem acesso a chuveiros, capacidade de se adaptar à altura; Sobre tudo, esteja em boa forma física e desfrute de boa saúde. Para pessoas com problemas de saúde que possam afetar sua capacidade de realizar a caminhada, é recomendável que discutam isso com o médico.

Dia 1: Chegada em Lima

Traslado do aeroporto  ao hotel.
Reunião no hotel com o grupo, palavras de boas-vindas de um representante do Go2Andes e informações sobre o tour.

Refeições: nenhuma

Dia 2: Lima – Huaraz

No horário indicado, traslado do hotel  ao terminal rodoviário. Viaje de Lima a Huaraz por volta das 9h30; À tarde, por volta das 5h30, chegada à cidade de Huaraz 3100m e traslado ao hotel escolhido.

Refeições: café da manhã | almoço

Dia 3: Floresta Rochosa de Hatun Machay

Às 8:00 da manhã, depois do café da manhã, embarcamos em nosso veículo e seguimos para o sul da cidade de Huaraz, seguindo as margens do rio Santa por cerca de duas horas até Hatun Machay, que pode ser traduzida como “Grande Caverna”. Localizada a  4200m, onde encontramos uma grande caverna em cujo interior há pinturas rupestres e ao redor dela centenas de rochas com figuras de diferentes tipos de animais, entre as quais: o gorila, o sajino, a águia e o caracol, para citar alguns. Este lugar é adequado para escaladas porque possui várias rotas equipadas; é também um mirante da Cordilheira Huayhuash.

Refeições: café da manhã | almoço

Dia 4: Lagoa Churup

Após o café da manhã, na hora marcada (cerca de 8:00 da manhã), partimos de Huaraz (3100m) em um veículo particular e seguimos para o leste em direção a Pitec 3800m, que fica na fronteira do Parque Nacional Huascaran. Aqui começaremos a caminhar até o lago Churup (4450m), que leva cerca de duas horas e meia. Depois de um descanso e tempo suficiente para tirar fotos, retornaremos pela mesma rota para Huaraz, chegando por volta das 16:00.

Refeições: café da manhã | almoço

Dia 5: Huaraz – Llanganuco – Passo Portachuelo – Vaqueria – Paria

Após o café da manhã, traslado do hotel de veículo para o lado norte da cidade, viajamos pela Callejón de Huaylas até Yungay, uma cidade localizada abaixo da montanha Huascarán; partir daqui, seguimos uma estrada de terra que nos levará até um pequeno vilarejo chamado Vaqueria (3700m). Ao longo da rota, faremos paradas na Lagoa Llanganuco e no passo Portachuelo (4670m). Do passo, teremos uma vista panorâmica de alguns dos picos mais importantes da Cordilheira Branca, como: Huascarán, Huandoy, Pisco, Chacraraju e Tocllaraju. De Huaraz, são cerca de quatro horas de carro até Vaqueria, onde nosso Arrieiro e seus animais de carga estarão esperando-nos. A partir daqui, iniciamos a caminhada e logo de cerca de três horas no vale Huaripampacehgamos até o acampamento chamado Paria, a uma altitude de 3800 metros.

Refeições: café da manhã | almoço | jantar

Dia 6: Paria – Passo Punta Unión – Tuctu

No horário concordado, partiremos do acampamento e começaremos a subida ao Passo Punta Unión 4750m. É uma caminhada de cerca de três horas e meia. O passo está muito próxima ao pico Taulliraju e oferece vistas estupendas dos vales de Santa Cruz e Huaripampa. Depois de uma pausa para descansar e tirar fotos, daremos a volta e desceremos pela mesma rota até uma trilha que vira em direção a Tuctu (4200m). São cerca de duas horas e meia de caminhada do passo até o acampamento.

Refeições: café da manhã | almoço | jantar

Dia 7: Tuctu – Passo Alto Puka Hirka – Huecrococha

Hoje, seguimos na direção do Passo Alto Puka Hirka, a uma altitude de 4725 metros. Levará cerca de duas horas e meia de caminhada para chegar lá. A partir deste ponto, podemos ver os cumes das montanhas Taulliraju, Paria, Chacraraju e outros. Depois começamos a descer e percorrer uma rota que segue a margem da lagoa Huecrococha (3800m). Nosso acampamento está localizado no final da lagoa.

Refeições: café da manhã | almoço | jantar

Dia 8: Huecrococha – Passo Tupa Tupa – Jankapampa

Como nos dias anteriores, depois do café da manhã começamos com a caminhada, hoje vamos para o passo Tupa Tupa 4400m, a primeira parte desta seção descemos e depois subimos, uma caminhada de cerca de 2,5 horas nos leva ao passo , após caminhamos pelos flancos das colinas, depois descemos até o vale de Jankapampa, após de uma jornada de cerca de 3,5 horas, chegamos ao nosso acampamento localizado a 3700m, abaixo da montanha Pucahirka.

Refeições: café da manhã | almoço | jantar

Dia 9: Jankapampa – Passo Yanajanka – Willka

Passaremos a primeira parte de hoje caminhando cerca de três horas até o Passo Yanajanka, que tem 4600 metros de altitude. A partir daqui, teremos tempo para admirar as vistas dos vales Yanajanka e Yanta Quenua. Para continuar em nossa próxima parada, desceremos o vale de Yanta Quenua, que fica a mais três horas da passagem para o acampamento em Willka (4200m).

Refeições: café da manhã | almoço | jantar

Dia 10: Willka – Passo Mesapata – Passo Kara Kara – Jankarurish

Na hora acordada, após o café da manhã, continuaremos nossa aventura. Hoje cruzamos dois passos. O primeiro, Passo Mesapata 4600m, chegaremos lá após de duas horas de caminhada. Em seguida, faremos uma pequena descida antes de começar a subir novamente para o segundo passo que é o segundo ponto mais alto do trek, o passo Kara Kara (4830m). Esta é uma viagem de três horas e meia a partir do Passo Mesapata. Daqui descemos uma hora e meia mais até o vale de Alpamayo. Acamparemos em um lugar chamado Jankarurish (4200m), perto da montanha Alpamayo.

Refeições: café da manhã | almoço | jantar

Dia 11: Jankarurish, Mirante de Alpamayo

Hoje, nosso destino é o Mirante de Alpamayo 4500m, localizado acima da Lagoa Jankarurish,  deste este lugar você pode ver muito perto Alpamyo, a montanha mais bonita do mundo , título com o qual ele foi reconhecido em um concurso fotográfico em 1974 na Alemanha, depois de uma pausa para descansar e tirar fotos, retornaremos pela mesma trilha para nosso acampamento onde nosso Cozinheiro terá um almoço tradicional especial esperando por nós. Todo o passeio para esse dia levará cerca de cinco horas.

Refeições: café da manhã | almoço | jantar

Dia 12: Jancarurish – Passo Los Cedros  – Osoruri

Como nos dias anteriores começaremos nossa caminhada na hora concordada. Começa com uma descida curta no vale do Alpamayo, seguida de uma subida até o Passo Ventuna (4770m). Chegaremos ao passo após cerca de quatro horas de caminhada. Aqui podemos desfrutar de vistas das montanhas Milwacocha, Pilanco, Pumapampa e outras. Do passo, descemos por cerca de 1,5 horas até o lugar chamado Osoruri 4500m, onde  montaremos nosso acampamento.

Refeições: café da manhã | almoço | jantar

Dia 13: Osoruri – Llampapashillun – Wishkash

No horário indicado partimos em direção a Llampapashillun 4850m, o passo mais alta de todo o circuito, uma caminhada de 4 horas nos leva a esse ponto, depois descemos até a Lagoa Cullicucocha, uma bela lagoa azul-celeste que está localizada abaixo da montanha Santa Cruz; Após o descanso correspondente caminhamos até o acampamento Willka 4350m, localizado no lado oeste da Cordilheira Branca, desde aqui podemos observar uma parte do Callejón de Huaylas e do rio Santa.

Refeições: café da manhã | almoço | jantar

Dia 14: Wishkash – Huaylcayan – Huaraz

Nosso último dia de trekking o faremos em descida, ao longo de um caminho em ziguezague, com a vista do Callejón de Huaylas, o enorme vale andino regado pelas águas do degelo das montanhas da Cordilheira Branca. Após 4,5 horas, chegamos à aldeia de Hualcayan 3250m; Nesse lugar nos espera o carro que nos levará de volta a Huaraz em uma viagem de 3 horas.Refeições: café da manhã | almoço

Dia 15: Huaraz – Lima

No horário indicado, traslado para o terminal rodoviário. Às 11:00 pegaremos o ônibus para a cidade de Lima. Chegada em Lima por volta das 19:00 Em Lima, traslado do terminal rodoviário para o hotel.

Refeições: café da manhã | almoço

Dia 16: Lima – lugar de origem ou outro tour

No horário indicado traslado para o aeroporto ou ao terminal rodoviário.

Refeições: café da manhã